17/02/2020
AEGEA

Lucro líquido cresce 67,1% em 2019

A Aegea Saneamento registrou lucro líquido de R$ 294,4 milhões em 2019, um crescimento de 67,1% na comparação com o ano anterior. Apenas no 4º trimestre, a companhia obteve lucro líquido de R$ 102,3 milhões, R$ 85,2 milhões a mais que no último trimestre de 2018. A receita líquida atingiu R$ 2,2 bilhões, um incremento de 28,3% sobre 2018. “Esse resultado reforça a consistência da estratégia de crescimento de longo prazo da Aegea e seu modelo de gestão, que prioriza investimentos na melhoria de suas operações, o que tem nos permitido reduzir custos, ganhar eficiência e melhorar os indicadores de qualidade dos nossos serviços”, diz Yaroslav Memrava, Diretor de Relações com Investidores da Aegea.
 
O Ebitda alcançou R$ 1,2 bilhão no ano passado, um crescimento de 47,1% na comparação com 2018 e margem de 48,3%. “São números expressivos que demonstram a solidez financeira da companhia”, diz. Segundo a Aegea, o bom desempenho foi impulsionado pelo resultado operacional positivo de todas as concessionárias, sobretudo Águas de Manaus e Águas de Teresina, além da capacidade da empresa em adaptar, às diversas localidades do País, o seu modelo de gestão. Ao longo de 2019, a Aegea realizou um total de R$ 638,4 milhões em investimentos, mantendo o nível de investimentos executado no ano anterior.
 
A Aegea obteve economia de 2,8 milhões no 4º trimestre de 2019, ou 122,5 mil a mais em relação ao mesmo período de 2018. Em economias ativas de água, a alta foi de 5,4%, ou 90,6 mil novas instalações. Os números são resultado, principalmente, do ‘Programa Vem com a Gente’ adotado pela Águas de Manaus, que contribuiu com 49,3% do crescimento total. A Aegea também expandiu o número de beneficiados pela Tarifa Social na área dessa concessão, ampliando o acesso ao saneamento básico e, consequentemente, à saúde, ao agregar cerca de 40 mil novas economias ativas.
 
No âmbito corporativo, a Aegea continua a amadurecer as práticas de Compliance, Controles Internos e Governança – pilares estratégicos para o crescimento sustentável. A Gerência de Integridade passou a ser uma Diretoria em 2019, com reporte direto ao Conselho de Administração e a certificação internacional de Sistemas de Gestão Antissuborno – a ISO 37001, foi mantida. Adicionalmente, com a independência de todos os membros do Conselho de Administração, a empresa aderiu voluntariamente ao mesmo padrão exigido pelo Novo Mercado da B3. 
 
A Aegea venceu, em novembro de 2019, a licitação promovida pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) para realizar obras e serviços em esgotamento sanitário de nove municípios gaúchos - Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Esteio, Eldorado do Sul, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão. O contrato marca a entrada da Aegea no Rio Grande do Sul e formaliza o objetivo da companhia em universalizar a cobertura de esgoto para mais 1,5 milhão de habitantes em até 11 anos, contados a partir do início das operações, previsto para ocorrer no 4º trimestre de 2020.