13/07/2016
BIOTECNOLOGIA

Diretor da BASF recebe homenagem

O Diretor de Biotecnologia da BASF, Luiz Carlos Louzano, recebeu, no início de julho, em Londrina (PR), a medalha Embrapa Soja. A condecoração é realizada a parceiros, pessoas e entidades que se destacaram por sua relevância no desenvolvimento da pesquisa e de transferência de tecnologia no setor agrícola.

O chefe-geral da Embrapa Soja, José Renato Bouças Farias, destacou a necessidade de valorizar e reconhecer quem atua em prol de um objetivo em comum: o desenvolvimento da sojicultora nacional. Louzano tem uma carreira de mais de 20 anos na área e é responsável pelo setor de Biotecnologia da BASF na América Latina desde 2000. Na ocasião, o executivo assumiu projetos em desenvolvimento na área de plantas transgênicas e teve papel fundamental no desenvolvimento da primeira soja geneticamente modificada 100% brasileira feita em parceria com a Embrapa, batizada de Sistema de Produção Cultivance.

“Essa homenagem é uma prova de que existe sorte na vida. Primeiro, por trabalhar na BASF e conseguir formar um time de profissionais dedicados e competentes que fizeram o projeto se tornar realidade. E segundo, por participar da parceria entre BASF e Embrapa, instituição reconhecida internacionalmente pela qualidade das pesquisas que visam o desenvolvimento da agricultura tropical. Nós estamos no embrião da biotecnologia e lograr um projeto dessa natureza é quebrar paradigmas”, comemora Luiz Carlos Louzano. Também foram homenageados o chefe da fazenda experimental da Coamo, Joaquim Mariano, e in memorian o pesquisador José Tadashi Yorinori.

A entrega das medalhas aconteceu durante a abertura da 35ª Reunião de Pesquisa de Soja, promovida pela Embrapa. O evento reúne mais de 500 participantes ligados ao cultivo de soja como cientistas, produtores, professores e técnicos.