20/07/2020
RESÍDUOS INDUSTRIAIS

79% das empresas não têm rastreamento

A empresa de engenharia com foco em soluções sustentáveis Allonda realizou a pesquisa de mercado "Gerenciamento de Resíduos Industriais: Desafios e Oportunidades", nos meses de maio e junho deste ano, junto a 68 executivos de corporações de setores como alimentos, bebidas, automotivo, farmacêutico, mineração, químico, petroquímico, agronegócio, entre outros. 

O levantamento apresenta, através de gráficos e análises, como as companhias (de pequeno, médio e grande portes) lidam atualmente com questões como metas de sustentabilidade, aterro zero e logística reversa, assim como os tipos de resíduos, destinações, tecnologias de rastreamento e fornecedores. A pesquisa indica que apenas quatro em cada dez empresas têm metas de aterro zero, 79% dos respondentes ainda não possui tecnologia de rastreamento de resíduos; em metade da amostra, logística reversa ainda não é uma realidade; e 56% das empresas afirmam que desperdício de matéria-prima, água e energia é a principal perda econômica no processo produtivo.

"O resultado dessa sondagem apresenta detalhes sobre lacunas, especialmente do setor industrial. Através dos dados está claro que há, sim, um volume enorme de oportunidades para essas empresas ressignificarem seus resíduos. Digo isso especialmente pelo fato de que, ainda que haja muitos desafios a serem superados, 53% dos respondentes afirmam que o gerenciamento de resíduos já faz parte da estratégia de negócios dessas companhias", diz Renata Vaterkemper, head de marketing e sustentabilidade da Allonda. A pesquisa completa pode ser acessada neste link (http://bit.ly/ebook-residuos-industriais).