Edição 139
Mar/Abr 2013



Edição 138
Jan/Fev 2013



Edição 137
Nov/Dez 2012

Química Industrial OnLine 698 - 27/5/2015
PRODUTOS QUÍMICOS

Déficit chega a US$ 7,8 bi no quadrimestre

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), o setor de produtos químicos encerrou o primeiro quadrimestre de 2015 com déficit de US$ 7,8 bilhões, um recuo de 11,6% na comparação com o mesmo período de 2014. Até abril, as importações de produtos químicos somaram US$ 11,9 bilhões, enquanto as exportações totalizaram US$ 4,1 bilhões. Na comparação com o mesmo período do ano passado, as importações diminuíram 10,1%, ao passo que as exportações recuaram 7,3%. No acumulado dos últimos 12 meses (maio de 2014 a abril de 2015), o déficit é de US$ 30,2 bilhões. O item mais exportado no quadrimestre foi resinas termoplásticas, com vendas de US$ 550,8 milhões, uma queda de 13,4% em relação aos mesmos meses de 2014. Já os intermediários para fertilizantes permanecem como o principal grupo da pauta de importação brasileira de produtos químicos, com compras de US$ 1,5 bilhão no acumulado do ano, registrando-se uma queda de 9,1% na mesma comparação. De janeiro a abril, os produtos químicos responderam por 19% do total de US$ 63 bilhões em importações e 7,1% dos US$ 57,9 bilhões em exportações realizadas pelo País. As importações de produtos químicos movimentaram 9,7 milhões de t e o volume das exportações chegou a 4,9 milhões de t. “Estamos acompanhando com muita atenção as totalizações mensais do fluxo do comércio exterior brasileiro de produtos químicos. Tanto os valores quanto os volumes praticados demonstram que, quase na totalidade dos grupos de produtos, desde o início do ano, a redução de mais de 11,6% do déficit comercial setorial não se deve a ganhos de competitividade da produção nacional. Pelo contrário, e preocupantemente, foi motivada particularmente pelo cenário econômico atual de queda de demanda e pela forte pressão cambial dos primeiros meses do ano, além do fato de os preços internacionais ainda estarem abaixo de padrões normais para diversos produtos”, avalia Denise Naranjo, Diretora de Assuntos de Comércio Exterior da Abiquim.


  >> NEGÓCIOS
       Petrobras assina acordo adicional de US$ 1,5 bilhão com CDB

  >> POLIAMIDAS
       DSM e Ascend anunciam aliança global

  >> EXECUTIVOS
       Chris Leong é nova CMO da Schneider Electric



Busca:



2015 ® Signus Editora Ltda. Todos os direitos reservados.